Cursos De Medicina

Alguns brasileiros buscam a oportunidade de estudar medicina em outro país para, depois, voltar e aplicar junto às suas comunidades os conhecimentos adquiridos lá fora. Existem centenas de instituições de ensino superior, públicas e privadas, que oferecem o curso de Medicina em todos os estados brasileiros. A Argentina é um destino considerado por muitos brasileiros que pensam em fazer a graduação no exterior, e com bons motivos. Afinal, é lá que fica a Universidad de Buenos Aires, uma das melhores da América Latina. E o fato de que a universidade não tem vestibular também atrai muitos estudantes brasileiros — especialmente aqueles que querem estudar medicina. Segundo Dussault, “A força de trabalho do setor saúde possui características específicas que não podem ser ignoradas”.

Se um profissional quer entrar em determinada área, vai ter que esperar alguns anos para isso”, explica Fabio Freire. Para Machado, as faculdades de Medicina do país podem ser mais competitivas ao incorporar novas tecnologias nos currículos, como inteligência artificial. Custo de oportunidade é o que se poderia ganhar aplicando os recursos de forma diferente da escolha feita. No exemplo, se ao invés da decisão de oferecer a disciplina de radiologia de forma prática a IES escolhesse oferecer somente de forma teórica haveria uma redução de custos. Estes recursos talvez pudessem sustentar, por exemplo, um laboratório de anatomia patológica.

Oportunidades

A Escola de Saúde Pública do Paraná também abriu editais para a contratação de profissionais da área da saúde, como médicos, e oferta gratuitamente 20 cursos online sobre a Covid-19 aos trabalhadores da área. Durante os estudos para o exame, Bruna buscou pela prova e a fez como teste. Para ela, o Revalida não é difícil e a baixa aprovação dos candidatos está relacionada a formação dos mesmos. Após prestar vestibulares e não conseguir ingressar em uma universidade brasileira, buscou o ensino no Paraguai por não ter condições financeiras de pagar uma graduação particular no Brasil, onde as mensalidades podem passar de R$ 9 mil. No momento, a instituição aguarda a avaliação da graduação de medicina para reconhecimento do Ministério da Educação, processo que começou após a formatura da primeira turma, em 2020. O segundo modelo é semelhante ao primeiro, entretanto, permite a inscrição apenas de candidatos com diplomas expedidos por universidades situadas na região da tríplice fronteira, que possuam aprovações nos órgãos competentes de país. Médicos formados no exterior relatam dificuldades para a revalidação do diploma no Brasil, como a burocracia que dificulta a acessibilidade ao mercado de trabalho.

medicina no Brasil

Os melhores médicos dificilmente ficarão no Brasil diante de um cenário decadente desses. Uma das explicações para o elevado custo é o alto investimento na área. As análises preliminares da bibliografia mostraram abordagens que, tipicamente tratam despesas como custos. As apurações partiam do desembolso registrado nas rubricas contábeis e tratam estes valores como custos.

Então, a decisão por qual instituição escolher também passa pelo tempo e planejamento que você vai ter que dedicar aos estudos para conseguir o seu lugar no tão sonhado curso de Medicina. Mesmo assim, o valor ainda pode ficar elevado para muita gente, se levarmos em conta a renda média dos brasileiros. Por isso, quem sonha em trabalhar na área de Saúde prestando atendimento à comunidade, tem a opção de fazer cursos mais em conta, como o de Enfermagem. Apesar disso, várias universidades participam de programas governamentais como o ProUni e o Fies e ainda oferecem bolsas de estudos e outras facilidades financeiras, para que os alunos consigam custear a graduação. Além da mensalidade alta, o aluno ainda precisa investir em livros e materiais caros, muitas vezes importados, além de todo o custo de deslocamento até a faculdade. Deu para notar que alguns custos são bem semelhantes, o diferencial desses países é a qualidade. Veja a avaliação de cada segmento baseado em entrevistas com brasileiros que estudam nesses lugares.

Para o Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), o único exame seguro de reconhecimento dos diplomas médicos é o Revalida. Conforme o Ministério da Educação, o Revalida é uma e a principal opção para o processo de reconhecimento do diploma médico. A iniciativa foi criada em 2019 e, até o momento, reuniu cerca de 3 mil assinaturas. Abaixo-assinado com 3 mil assinaturas pede por processo seletivo inclusivo na Universidade Federal da Integração Latino-Americana, que fica na tríplice fronteira, entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Instituto De Medicina

O ganho para os alunos em ter um laboratório de anatomia patológica é o custo de oportunidade. Descrito deste modo, contudo, este processo pode parecer simples, mas, de fato, não o é.

Outras especialidades que se destacam são Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, Anestesiologia, Medicina do Trabalho e Cardiologia — algumas delas integram as chamadas áreas básicas da Medicina. Essa alta procura se dá principalmente pela remuneração aos profissionais da área, que a coloca em primeiro lugar dentre as sete profissões mais bem pagas do país, de acordo com o Guia da Carreira. Mesmo com 53 diferentes especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, quase metade dos médicos brasileiros atuam com Clínica Geral, principalmente os mais velhos.

Segundo o Ministério da Educação, mais de 15,4 mil médicos tentam revalidar o diploma para trabalhar no país por meio do Revalida, exame que ficou mais de três anos sem ser realizado. Além de tudo isso, é fundamental que a faculdade ofereça programas ou projetos a fim de planos de saúde em Campinas inserir os alunos na vivência prática da profissão, prestando assistência à população por meio de Centros de Especialidades ou do Sistema Único de Saúde. É interessante que mantenha convênios com hospitais, para oferecer ainda mais oportunidades aos futuros médicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *